sexta-feira, 4 de julho de 2008


1 comentário:

Fernanda disse...

Uma Rua sem gente,...é como um jardim sem flores...lol
Não deixa de ser romântico e bonito, mas sente-se logo a falta.