domingo, 5 de abril de 2009

Vergada pelas intempéries da vida

14 comentários:

Yussef disse...

A que verga, sobrevive, pois retorna.
A que se enrija sucumbe ante à força da intempérie.

PS.: eu disse que voltava, hehe
Abraços

Su disse...

...mas não quebra,,,,,,,,,,,,,,,,

bela foto.....gostei


jocas maradas de inclinações;)))))

Smile disse...

Vergada... mas de pé!
Bjs voadores

O2 disse...

Tudo que não nos mata fortalece... além de que de certo modo, não andar muito esticado ás vezes traz benefícios, nem que seja passar despercebido ou estar mais apto a enfrentar ventos mais agrestes, estar mais perto de terra firme, sei lá... olha, o que aconteceu á papoila da tua história, cruzes credo quem lhe quer tal fim, bem ha sempre gente para tudo, cá para mim adorei essa inclinação, sim, gosto de algumas curvas!

:)

Beijitos doXitos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela fotografia...Espectacular....
Um abraço

Carla disse...

fabuloso este olhar...adorei o céu carregado
beijos

Eu sei que vou te amar disse...

O unico limite é o céu! Ultrapassar as barreiras e seguir em frente...nao curvado mas altivo!
Linda imagem

simplesmenteeu disse...

Vergada... ou retrato de uma vida.
Analisada a curva ou a sinuosidade, chegaremos à força do vento ou das tempestades...
Tal como na vida de todos nós.Sempre aparece o que a marcou...

Beijo grande

J. Raimundo disse...

Olá!
obrigado pelo apoio ao meu trabalho! mas também eu tenho muito que aprender...

Vai passando, sempre que posso actualizo o blog.


*****

Xana disse...

Gostei muito das fotos do blog. Exelente trabalho...

Visite o meu! Fico á espera de uma opinião...

CR disse...

Olá.
Gostei muito desta seu "outro lado". Vou linkar também.
Bjo

Rui Caetano disse...

Uma foto bem apanhada.

Delfim Peixoto disse...

Vergada, mas viva. e forte, ainda!
Bjs

clic disse...

Boa associação!...