segunda-feira, 8 de junho de 2009

Propício ao recolhimento


8 comentários:

DelfimPeixoto disse...

Sem dúvida!
Jnhs

Daniela disse...

Amo relaxar assim ... juto a uma queda de água, junto ao rio Douro, na Foz, no Passeio Alegre, ou na minha varanda, vendo o mar...
Melhor terapia, não há!
Bjnhs doces

Carla disse...

um espaço encantado...
dizer-te também do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo...se puderes aparece
beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela fotografia da Natureza...Espectacular....
Beijos

CR disse...

Boa fotografia, com um pequeno senão: as altas luzes "estouradas", mas a forte iluminação não permitiria fazer melhor. Bom trabalho e, sobretudo, uma ligação perfeita ao título do blog: a arte é mesmo o encontro da vida. Aqui a vida encontra-se.
Bjo.

ADiniz disse...

Um portal em meio à mata
Pequena esta passagem
Será para lembrar de curva-me
Ao passar por tamanha
Exuberância, desta natureza.

Um abraço do tamanho do mato e uma semana com cores das mais belas flores a vc Pedras.

Eu sei que vou te amar disse...

Um convite irrecusavel na plateia dos sentires! Sentir a brisa como uma leva caricia que nos cobre de beijos!
Um beijo sem fim

Pedrasnuas disse...

A TODOS OS AMIGOS OS MEUS SINCEROS AGRADECIMENTOS...PELO CARINHO SEMPRE DEMONSTRADO NAS PALAVRAS...

ABRAÇOS