sexta-feira, 24 de julho de 2009

A profundidade reside no fundo do charco


10 comentários:

prAia em Mim disse...

e não sabes porquê? pk ele capta, e guarda como tesouros, os olhares, desejos, sorrisos e lágrimas nele reflectidos...

bj grnd e bom fim-de-semana

clic disse...

Deve vir daí a expressão "pedrada no charco"!... :)

O2 disse...

... ou á superfície da pele, ou no inicio de cada um de nós... a profundidade confunde-se, a profundidade reside onde colocamos o ponto de fuga inicial... gosto de me dar a profundidades, de as conhecer para depois as poder escalar, chegar-lhes ao topo!

:)

Vento disse...

Mistério da profundidade...

Ricardo Calmon disse...

Incógnita das límpidas águas,da natureza da vida!Tu és poeta e escriba,em forma flor mulher!

Bzu mãos suas!

Viva Vida

AnaMar (pseudónimo) disse...

A profundidade no fundo de nós...
Bj

diana disse...

Poético.

Gui disse...

Uma imagem vale mais que mil palavras.

ADiniz disse...

Por esta razão o verde se faz na superfície,
Para suavizar a digital deixada na areia, pelo tempo.
O subconsciente dos pântanos.

Abraços com carinho acompanhados de um largo sorriso,
A vc Pedrasnuas

Susana Simões disse...

Encontrei este blogue por acaso e gostei imenso das fotografias que por aqui vi. Parabéns.

Boa semana,
Susana