segunda-feira, 5 de outubro de 2009

E se eu quiser morrer...


10 comentários:

Eu sei que vou te amar disse...

Deixa-me primeiro viver, percorrer a estrada da VIDA onde os sonhos ainda pairam no ar...depois prolongar-me-ei num sono infinito!
Um beijo sem fim

ADiniz disse...

E hoje quando amanhece sol
Abro a janela para a chuva
Que coincidência: tua mão
Não cabe mais na minha luva
O que aconteceu com o futuro que morreu?...
Ou nunca existiu?
Você nem olhou pras coisas que admiro
E nem me ouviu
Mas era eu quem te chamava com meu último suspiro
O que aconteceu com o futuro que se perdeu?
(nunca foi tarde)
(Paulinho Mosca)

Abraço e paz para nova caminhada.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, recupera a esperança e o optimismo que, por causa de dificuldades do caminho, talvez tenhas perdido....
Beijos

António Machado disse...

OLá Querida Amiga Pedrasnuas,

Parabéns pelo post. Muito bonito e sugestivo.

Vim aqui informar que já há mais uma receita no meu cantinho.

Um abraço

António Machado

ZezinhoMota disse...

Viver é a única questão da vida...

Morrer é o fim de tudo!

Os sonhos e as fantasias podem ser uma quimera, mas...

È viver, com todas as vicissitudes da vida...

Saudações poéticas...

Porto-Portugal

ZezinhoMota

clic disse...

Hoje morreu uma grande amiga minha... mas acho que não queria... :(

Chris disse...

Morremos tantas vezes numa só vida... ou será que nascemos de várias mortes?
Um beijo
Chris

Pedrasnuas disse...

PENSO QUE SEJAM AMBAS...MORREMOS VÁRIAS VEZES NUMA VIDA E RENASCEMOS OUTRAS TANTAS COMO FÉNIX

BEIJO A TODOS

O MEU SINCERO AGRADECIMENTO

Ricardo Calmon disse...

Tô contigo,Pedras nuas amadérrima nossa,"morremos várias vezes ,e renascemos outras tantas...como Fenix!

Bzu mãos suas!

Viva Vida!

AnaMar (pseudónimo) disse...

Não sei se consegues. acho que é um dos casos, em que "o querer" não é poder.
mas não experimentes.:-)