sábado, 14 de abril de 2012

Os olhos precipitam-se num voo alucinante....


18 comentários:

MA FERREIRA disse...

Linda!!

bjs

cris photos disse...

Que paisagem deslumbrante , linda a foto!

Beijos

fus disse...

Una maravilla de fotu. Enhorabuena.

un saludo

fus

Mz disse...

As ilhas, todas elas Açores e Madeira são belezas únicas que eu já tive o prazer de conhecer.

Pena a foto não estar em tamanho grande, valorizava muito mais a imagem.

Bjs

Manuela Freitas disse...

Bela paisagem...lembro-me de vê-la com nevoeiro e chuva, faltou o sol, o céu azul, o mar brilhando!
Beijos!

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente fotografia....
Cumprimentos

Nilson Barcelli disse...

Tive essa sensação de voo alucinante na Madeira. Também na Grécia, em Delfos, senti uma coisa idêntica.
Magnífica foto, gostei muito.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijos.

AC disse...

Pedras,
Já lá vão alguns anos, mas conheço muito bem essa costa.
Despertaste em mim o bichinho da saudade, sabias?

Beijo :)

L.S. disse...

Vontade de olhar e ver...
Ab

Petrus Monte Real disse...

Pedras,

Incrível!
O abismo e o belo juntos.

Bjs.

MA FERREIRA disse...

Pedras..fiquei muito feliz com o carinho da sua visita!!Obrigada!!

Um beijo!!

Fê-blue bird disse...

Apetece mesmo voar :)

Aqui vou eu alucinada!!!


beijinhos

Irene Alves disse...

A paisagem é realemnte muito bonita.
Há no ser humano um desejo de voar...
mas não o pode concretizar.
Bj.
Irene

© Piedade Araújo Sol disse...

uma belíssima foto, que arrisco ser da tirada na Ilha da Madeira.

um grande beij

Lua Nova disse...

Que liiiiiiinnnnduuuu!!! Difícil é não abrir as asas e lançar-se.
Beijokas e meu carinho.
Saudades.

Amapola disse...

Maravilha!!

Que seu feriado seja de paz.

Beijos.

Alice disse...

Que vista maravilhosa, enche os olhos, e não é de água apesar a da saudade ! Adorei o seu blog, quando quiser, venha conhecer o meu: http://lagartaechapeleiro.blogspot.com.br/
Beijos ^^

Sissym disse...

Como o mar contrasta perfeitamente com o mesmo azul do ceu. Não se confundem, não se fundem, mas se completam.

Beijos