segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Foi o que ficou e como ficou...

Nota: Aquele edifício grande, que se destaca pela grandeza e pela cor é um hospital, considerado a própria morgue ! Dificilmente um paciente volta a sair dali com vida. É um lugar horrível em todos os aspectos!










Fotos:PN

5 comentários:

Fernando Guilherme Lopes da Silva disse...

Não é uma coisa que goste de recordar. Mas gosto das fototgrafias. Têm Alma!

Manuel Luis disse...

Nenhum canto é sagrado. Não gosto do resultado criado pelo fogo. Ninguém cuida daquilo que é de todos.
Com a paisagem queimada, pareces estar sozinha a captar esta aflição cinzenta.
Por favor deixem as árvores viver.
Bom trabalho fotográfico.
Bjs

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, maravilhosa selecção de fotos, tudo ou quase tudo é relativo, que hospital é esse?.
Continuação de boa semana,
AG

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, as fotos são perfeitas e tem haver o que causou danos materiais e vitimas,, se não voltar e fotografar o mesmo tema é bom sinal.
Bom feriado,
AG

Pedrasnuas disse...

António, é o hospital dos Marmeleiros,situado no Monte, lugar para onde são encaminhados os "desenganados" e ali morrem. Aqueles corredores estão cheios de bactérias... quem tem familiares doentes, adverte para não colocarem o pé fora do quarto... basta uma infecção das fortes e é o fim, até nas enfermarias...O meu pai foi internado com um AVC e ficou numa enfermaria de doentes com pneumonia. Entra-se com uma patologia e sai-se com outra, enfim! Mas é um mal de muitos hospitais, isso já foi transmitido nos telejornais. Já deve ter ouvido falar, que são doze pessoas por dia que morrem nos hospitais portugueses por infecção hospitalar! Uma Vergonha!!!

Fique bem!
PN